quinta-feira, 17 de maio de 2012

SOS: Diga não a extração de petróleo

Em novembro de 2011 eu escrevi um post intitulado "SOS litoral brasileiro, uma mãe pede atenção", sobre o vazamento de óleo no litoral carioca causado pela extração da Chevron.  Depois disso outros aconteceram em menor escala. E hoje mais um, dessa vez sob a bandeira da Petrobrás, está acontecendo na bacia da Jubarte no litoral do Espírito Santo, a quarta maior bacia de óleo no Brasil. Ninguém sabe ao certo a extensão dos estragos e quando vai ser controlado. A marinha brasileira está fazendo a investigação. Entretanto, é óbvio é que essa insanidade deve parar, e agora.
O homem não tem o direito de alterar e sugar a crosta terrestre dessa maneira e causar tantos estragos ambientais. E  não precisa ser nenhum geólogo para prever os terremotos que se seguiram. Não dá para extrair o óleo que amortece as placas tectônicas e tudo ficar na mesma. E pra que mesmo? Mais uma embalagem plástica, um chicletinho de menta, produzir cremes sem finalidade, combustível pro carrinho da senhora que não agüenta andar dois quarteirões...
É uma vergonha depositar todas as fichas do desenvolvimento do Brasil no petróleo. Vamos é acabar no breu e doentes. Sabe quais são os países mais poluídos do mundo? Sim, são os que extraem petróleo lá no oriente médio.
A energia solar e a eólica estão ai a disposição de todos e não é nada cara não como adoram apregoar o lobby do petróleo. Caro é o extrago que essa indústria causa. Eles detem os meios e não querem perder as rédeas da situação. Quando todo mundo se ligar que ter placas solares é super simples e até caseiro e do sol ninguém é dono, os donos do mundo vão perder o chão. Já tem gente colocando isso a prova e só dar um google em "solar energy" e você vai ver muita gente que já saiu desse sistema arcaico que nos amarra e emburrece.
Os brasileiros deveriam parar de ficar com os braços cruzados e ir a luta. E aqui estão algumas imagens de protesto contra a extração de petróleo ao redor do mundo. Que sirva de inspiração. 
Protestantes se reunem contra a extração de petróleo no Ártico

Protestantes na Nova Zelândia
Manifestantes contra a BP em Chicago. A BP foi responsável pelo o gigantesco derramento de petróleo
no Golfo do México em 2009,que causou um desastre ambiental incalculável.
Ainda hoje  milhares de pessoas sofrem com problemas de saúde e com 
 perda de negócios como pesca e turismo em decorrência do vazamento.
Nessa ocasião, mais de 10 mil pessoas se reuniram no litoral da Flórida para protestar contra a extração do petróleo.
"Hands Across the Sand"



Manifestantes em frente as Nações Unidas

Protesto no Mar Báltico

Manifestantes no Rio de Janeiro. Pelo menos temos trêss pessoas fazendo alguma coisa... proteste.

"Somos parte da Terra e, do mesmo modo, ela é parte de nós. Tudo o que acontecer à Terra, acontecerá aos filhos da Terra (...) O homem não teceu a rede da vida, ele é só um dos seus fios. Aquilo que ele fizer à rede da vida, ele o faz a si próprio. Tudo está ligado." Chefe Seattle, índio norte-americano, 1854

Se você gostou desse post, você também vai gostar:
SOS litoral brasileiro, uma mãe pede atenção
MHCMC x Claudia e Fatos que devemos saber sobre o mundo hoje
SOS: Quero respirar...

Um comentário:

  1. muito legal sua iniciativa em falar desse assunto,nós como jovens deveríamos estar de olho nesse assunto e conserteza protestar.. mas não é isso que acontece na nossa sociedade onde ninguém,se importa com o que tá acontecendo.. Vai ter um debate e eu sou contra o petróleo.. peguei algumas ideias aqui,se tiver mais me passe .. Bjos valeu
    Mirian-17 anos

    ResponderExcluir